atendimento1

botao-comprar-kit-quarteto-magico1

Preservação do meio ambiente.

 

Fabricantes de papel são estigmatizados como motivadores do desmatamento e grandes emissores de poluentes e gases do efeito estufa. O papel do bagaço de cana-de-açúcar chega ao mercado para reverter este quadro.

Foi comprovado que este bagaço, que antes servia apenas como combustível para as próprias usinas ou adubo, possui fibras de excelente qualidade, ideais para fabricação de papéis biodegradáveis e 100% recicláveis. Isso significa uma enorme redução de resíduos despejados na natureza. Além disso, cada tonelada da cana-de-açúcar absorve 650 kg de CO2 (gás carbônico) da atmosfera enquanto cresce, contribuindo para neutralizar as emissões de gases de efeito estufa.

Outra vantagem está na forma de branqueamento do papel, nosso produto é ECF (elementar clorine free), ou seja, o papel é isento de cloro elementar, que foi substituído pelo dióxido de cloro para minimizar a formação de dioxinas (composto organoclorados resultantes da associação de matéria orgânica e cloro).

O Papel sendo ECF significa que o branqueamento da celulose é feito principalmente com produtos químicos com base de oxigênio, como oxigênio para deslignificação (lignina é uma cola natural da madeira e das fibras de bagaço de cana-de-açúcar, que faz o ligamento dessas fibras), peroxido de hidrogênio, ozônio e também dióxido de cloro.

 

Viabilidade econômica.

 

O preço mais alto dos papéis reciclados disponíveis no mercado brasileiro se deve aos altos custos de produção.

Ao contrário da madeira de reflorestamento, que precisa de muitos anos para ser utilizada, o bagaço da cana-de-açúcar é uma matéria-prima de baixo custo e abundante praticamente o ano todo, gerando menores gastos no manejo e garantindo retornos mais rápidos. Tudo isto permite o repasse de um custo compatível com as necessidades do consumidor.

 

Alta qualidade e versatilidade.

 

A fibra do bagaço da cana-de-açúcar permite a fabricação de uma enorme gama de papéis, do mais nobre ao mais simples papel para escrita. E por ser produzido com fibras 100% virgens e pela baixa quantidade de produtos químicos utilizados em sua transformação, pode ser utilizado até para contato direto com alimento.

 

Conheça melhor toda a linha EcoQuality

 

Produção 100% limpa.

 

Do início ao fim, o ciclo produtivo foi desenhado para trazer o mínimo impacto ao meio ambiente. Desde a sua muda, a cana funciona como uma esponja natural de CO2. E sua colheita é feita dentro dos mais modernos padrões internacionais.

As fábricas também possuem um sistema de reaproveitamento de todos os resíduos sólidos do processo. Além de um moderno sistema de tratamento de água com mais de 8 lagoas, que devolvem a água utilizada à natureza em melhores condições do que quando foi captada.

 

FacebookTwitter